Luciano Leitoa tem projeto político pra quando deixar a prefeitura. Quer ser vice e Weverton em 2022

spot_img
Compartilhe:

O prefeito Luciano Leitoa tem projeto pronto para seguir assim que deixar a Prefeitura de Timon, no final de seu segundo mandato, em dezembro de 2020.

Como ex-prefeito e presidente do PSB do Maranhão, Luciano Leitoa deverá percorrer os municípios maranhenses viabilizando sua pré-candidatura a vice-governador do Estado na chapa encabeçada pelo Senador Weverton Rocha (PDT), em 2022.

Essa informação foi extraída pelo blog durante conversa com assessor do prefeito e segundo informações mais apuradas, o projeto de ser candidato a vice-governador em 2022 tem sido discutido, inclusive, na conjuntura política atual, pois esse um argumento do prefeito para manter o nome de Dona Sebastiana, secretária de Educação, como candidata prefeita e acalmar os ânimos do deputado Rafael Leitoa, que nos bastidores pleiteia a preferência do grupo para a disputa.

De acordo com a apuração feita pelo blog, o prefeito tem dito que com uma possível candidatura a vice-governador em 2022, ele não poderia reivindicar para si a vaga do grupo no cenário estadual hoje ocupada por Rafael Leitoa na cadeira de deputado na Assembleia.

Como deverá ficar afastado da politica sem cargo eletivo por dois anos, assim que deixar a prefeitura, o prefeito terá muito tempo para viabilizar esse projeto, mas pelo sim pelo não, o deputado Rafael Leitoa tem que colocar as barbas de molho, pois caso esse projeto não se viabilize, com certeza vai sobrar pra ele.

É bom lembrar que com a decisão de disputar o governo em 2022 Weverton Rocha abre espaço para que a primeira suplente Suely Pereira ex-prefeita de Matões e mãe  do deputado federal Rubens Pereira Junior (PCdoB) assuma sua vaga no senado.

 

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Ingrediente naturais são saudáveis para os cuidados com a pele   

Segundo especialista, para melhores resultados, o uso de produtos naturais na pele e nos cabelos deve ser conciliado à dieta   Os cuidados com a saúde...

Aulas na Rede Estadual iniciam nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão

Nesta segunda-feira (6), estudantes da Rede Estadual nas 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão retornaram às salas de aula. Para fortalecer as estratégias...

Projeto de Lei do deputado Rafael assegura acesso a medicamentos à base de canabidiol e similares

O Projeto de Lei 01/2023, de autoria do deputado Rafael, assegura o acesso a medicamentos à base de canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabinol (THC) “às...
O prefeito Luciano Leitoa tem projeto pronto para seguir assim que deixar a Prefeitura de Timon, no final de seu segundo mandato, em dezembro de 2020. Como ex-prefeito e presidente do PSB do Maranhão, Luciano Leitoa deverá percorrer os municípios maranhenses viabilizando sua pré-candidatura a vice-governador do Estado na chapa encabeçada pelo Senador Weverton Rocha (PDT), em 2022. Essa informação foi extraída pelo blog durante conversa com assessor do prefeito e segundo informações mais apuradas, o projeto de ser candidato a vice-governador em 2022 tem sido discutido, inclusive, na conjuntura política atual, pois esse um argumento do prefeito para manter o nome de Dona Sebastiana, secretária de Educação, como candidata prefeita e acalmar os ânimos do deputado Rafael Leitoa, que nos bastidores pleiteia a preferência do grupo para a disputa. De acordo com a apuração feita pelo blog, o prefeito tem dito que com uma possível candidatura a vice-governador em 2022, ele não poderia reivindicar para si a vaga do grupo no cenário estadual hoje ocupada por Rafael Leitoa na cadeira de deputado na Assembleia. Como deverá ficar afastado da politica sem cargo eletivo por dois anos, assim que deixar a prefeitura, o prefeito terá muito tempo para viabilizar esse projeto, mas pelo sim pelo não, o deputado Rafael Leitoa tem que colocar as barbas de molho, pois caso esse projeto não se viabilize, com certeza vai sobrar pra ele. É bom lembrar que com a decisão de disputar o governo em 2022 Weverton Rocha abre espaço para que a primeira suplente Suely Pereira ex-prefeita de Matões e mãe  do deputado federal Rubens Pereira Junior (PCdoB) assuma sua vaga no senado.