Ulysses Waquim se solidariza com Alexandre Almeida

spot_img
Compartilhe:

Companheiro de chapa de Alexandre Almeida, em 2016, na disputa pela Prefeitura de Timon,  o empresário Ulysses Waquim disse hoje, em conversa com este jornalista, estar solidário com o posicionamento do ex-deputado esboçada no blog semana passada, em que o presidente do PSDB de Timon, Anderson Pego, disse categoricamente, que Alexandre está fora da disputa em 2020, mas Ulysses lamentou o fato.

“Fizemos uma grande caminhada política e lamento que Alexandre tenha tomado está decisão, devemos respeitá-la, mas mesmo assim não gostaria de vê-lo distante das lutas partidárias do lado da oposição. Por outro lado, podemos garantir aos eleitores timonenses que votaram no 55 na eleição passada que, hoje como presidente do PSD, reafirmo compromissos com a cidade de Timon em busca de seu crescimento e desenvolvimento e construção de uma nova cidade”, disse Ulysses.

“Estamos organizando o PSD visando o processo eleitoral e o partido tem buscado quadros importantes para mudar essa forma de administrar a cidade nos últimos anos com uma gestão fragmentada e falida com atos de corrupção, inclusive com o atual gestor condenado no exercício do cargo e improbo administrativamente com a perda dos direitos políticos, por isso estamos em busca de mudar essa realidade e com um mesmo projeto defendido por mim e Alexandre na eleição passada, mas que terá um leque ampliado de novos nomes  no comando do partido em Timon e com o nosso apoio exercendo a vice-presidência no Maranhão ao lado do deputado federal Edilázio Júnior”, reafirma Ulysses.

“Nossa trincheira continua a mesma no PSD 55 e vamos continuar o projeto em favor da cidade de Timon”, finalizou Ulysses

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...

Facebook deve restituir conta invadida e pagar indenização a usuário

O Juizado Cível e Criminal da cidade de Codó condenou a plataforma social Facebook a restabelecer a conta de usuário Tiago Tales Silva Sousa,...
Companheiro de chapa de Alexandre Almeida, em 2016, na disputa pela Prefeitura de Timon,  o empresário Ulysses Waquim disse hoje, em conversa com este jornalista, estar solidário com o posicionamento do ex-deputado esboçada no blog semana passada, em que o presidente do PSDB de Timon, Anderson Pego, disse categoricamente, que Alexandre está fora da disputa em 2020, mas Ulysses lamentou o fato. "Fizemos uma grande caminhada política e lamento que Alexandre tenha tomado está decisão, devemos respeitá-la, mas mesmo assim não gostaria de vê-lo distante das lutas partidárias do lado da oposição. Por outro lado, podemos garantir aos eleitores timonenses que votaram no 55 na eleição passada que, hoje como presidente do PSD, reafirmo compromissos com a cidade de Timon em busca de seu crescimento e desenvolvimento e construção de uma nova cidade", disse Ulysses. "Estamos organizando o PSD visando o processo eleitoral e o partido tem buscado quadros importantes para mudar essa forma de administrar a cidade nos últimos anos com uma gestão fragmentada e falida com atos de corrupção, inclusive com o atual gestor condenado no exercício do cargo e improbo administrativamente com a perda dos direitos políticos, por isso estamos em busca de mudar essa realidade e com um mesmo projeto defendido por mim e Alexandre na eleição passada, mas que terá um leque ampliado de novos nomes  no comando do partido em Timon e com o nosso apoio exercendo a vice-presidência no Maranhão ao lado do deputado federal Edilázio Júnior", reafirma Ulysses. "Nossa trincheira continua a mesma no PSD 55 e vamos continuar o projeto em favor da cidade de Timon", finalizou Ulysses