Vereadora denuncia secretário de barrar alunos em Timon em cursos de capacitação do IEMA

spot_img
Compartilhe:

 

Um convênio/parceria entre a Secretaria de Educação do Governo do Maranhão e a Prefeitura de Timon, através da Secretaria Municipal de Educação, para a formação de 3 mil alunos em cursos FICs (Formação Inicial e Continuada) ofertados pelo IEMA e sediados em algumas escolas do município vem sendo descumprido, segundo a vereadora Professora Vanda, por questões políticas. “Quando esses alunos se inscrevem ninguém perguntou para quem eles iam votar, as inscrições foram abertas para toda população timonense”, disse a vereadora.

Segundo Vanda, o secretário Samuel Rodrigues barrou a entrada dos alunos em salas de aulas. Ela enfatizou que para a realização da capacitação profissional de jovens, em Timon, tudo foi acertado entre as associações e a direção das escolas municipais, com o impedimento por parte da secretaria, milhares de alunos ficam sem o direito da capacitação e formação em várias áreas e inaptos para o campo de trabalho, onde hoje aponta, que além da falta de emprego, a falta de profissionalização e capacitação vem tirando do mercado milhares de jovem, e essas ações nefastas com base na política suja, de perseguição, só atrapalham os jovens em sua formação profissional, ressaltou a vereadora ao blogdoribinha.

“Nossa fala hoje é de indignação com a negativa de parceria da Secretaria de Educação Municipal com a Secretaria de Educação do Estado. Haja vista os alunos dos cursos FICs (Formação Inicial e Continuada) ofertados pelo IEMA e sediados em algumas escolas do município terem sido vetados pelo secretário municipal de educação”.

Lamentamos que questões politico-partidárias prejudiquem aqueles que buscam qualificação profissional gratuita em nossa cidade, enfatizou Vanda.

Novos locais

A Vereadora informou ao blogdoribinha que, os supervisores dos cursos conseguiram outros locais para a realização dos cursos, mas só que em lugares distantes das suas comunidades.

#educaçãodequalidade

#ensinoprofissionalizante

#educacaodejovens

#capacitacao

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Três dicas para evitar o estresse na hora de encarar o trânsito

Por Elainy Castro Buzinas, xingamentos, motoristas imprudentes, muita gente nos horários de pico, pedestres que atravessam fora da faixa, acidentes… isso e muito mais você...

Em prestigiada reunião, Cláudia Coutinho diz que será deputada para ajudar Timon e o Maranhão

Em prestigiadíssima reunião política, ontem no Mabelu Buffett, em Timon patrocinada pelo vereador Helber Guimarães e seu grupo de apoiadores e aliados na cidade,...

Equatorial Maranhão divulga o Plano Operacional para as Eleições 2022

O plano mobiliza mais de 1.300 profissionais e traz as ações estruturadas para máxima continuidade do fornecimento de energia no dia das eleições. A Equatorial...
  Um convênio/parceria entre a Secretaria de Educação do Governo do Maranhão e a Prefeitura de Timon, através da Secretaria Municipal de Educação, para a formação de 3 mil alunos em cursos FICs (Formação Inicial e Continuada) ofertados pelo IEMA e sediados em algumas escolas do município vem sendo descumprido, segundo a vereadora Professora Vanda, por questões políticas. "Quando esses alunos se inscrevem ninguém perguntou para quem eles iam votar, as inscrições foram abertas para toda população timonense", disse a vereadora. Segundo Vanda, o secretário Samuel Rodrigues barrou a entrada dos alunos em salas de aulas. Ela enfatizou que para a realização da capacitação profissional de jovens, em Timon, tudo foi acertado entre as associações e a direção das escolas municipais, com o impedimento por parte da secretaria, milhares de alunos ficam sem o direito da capacitação e formação em várias áreas e inaptos para o campo de trabalho, onde hoje aponta, que além da falta de emprego, a falta de profissionalização e capacitação vem tirando do mercado milhares de jovem, e essas ações nefastas com base na política suja, de perseguição, só atrapalham os jovens em sua formação profissional, ressaltou a vereadora ao blogdoribinha. "Nossa fala hoje é de indignação com a negativa de parceria da Secretaria de Educação Municipal com a Secretaria de Educação do Estado. Haja vista os alunos dos cursos FICs (Formação Inicial e Continuada) ofertados pelo IEMA e sediados em algumas escolas do município terem sido vetados pelo secretário municipal de educação". Lamentamos que questões politico-partidárias prejudiquem aqueles que buscam qualificação profissional gratuita em nossa cidade, enfatizou Vanda.

Novos locais

A Vereadora informou ao blogdoribinha que, os supervisores dos cursos conseguiram outros locais para a realização dos cursos, mas só que em lugares distantes das suas comunidades. #educaçãodequalidade #ensinoprofissionalizante #educacaodejovens #capacitacao