16ª Semana Maranhense de Dança (SMD): Programação está repleta de espetáculos e oficinas

spot_img
Compartilhe:

Com o patrocínio da Equatorial Maranhão, a SMD acontece de 21 a 30/11

A Semana Maranhense de Dança (SMD) traz uma série de oficinas que contemplam as diversas linguagens da dança, com o objetivo de aprimorar a formação de dançarinos profissionais e aprendizes, contribuindo para o fortalecimento dos fazeres artísticos e da cadeia produtiva da cultura maranhense. O evento conta com o patrocínio da Equatorial Maranhão, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e é uma realização da Gestus Produções Culturais e da Secretaria de Estado da Cultura e Teatro Arthur Azevedo.

A analista de Comunicação da Equatorial Maranhão, Jeane Pires, destaca a importância de valorizar a dança em um evento como esse no Estado. “Para nós da Equatorial Maranhão é muito importante incentivar e patrocinar a Semana de Dança para enriquecer cada vez mais a cultura do nosso Estado. O evento é um momento para destacar e valorizar os participantes que se dedicam no mundo da dança. Além de proporcionar esse momento de visibilidade, o evento também leva o acesso para que as pessoas possam acompanhar os espetáculos e fomentar as companhias locais. Trazer o acesso à arte e cultura para toda a comunidade é um grande compromisso da Equatorial”, enfatizou Jeane.

A SMD, que acontece no Teatro Arthur Azevedo e em espaços públicos, conta com mostras competitivas e coreográficas, oficinas, residências, entre outras atividades que ajudem no desenvolvimento profissional e artístico dos participantes. O evento busca viabilizar o acesso à comunidade, oferecendo ingressos 100% gratuitos para a totalidade da programação, além de também incentivar o intercâmbio entre artistas maranhenses e de outros estados, por meio da residência artística.

A 16ª edição traz para o centro da cena as discussões que formam o conceito cultural, os “outros brasis” que saltam em nossa contemporaneidade, nos quais o Maranhão está inserido, e que vão de encontro às ideias e conceitos hegemônicos presentes em nossa sociedade. O tema ‘Brasilidades Maranhenses’ foi escolhido para abrilhantar esta Semana, propiciando um espaço onde pretende-se ressaltar as intersecções presentes nas nossas brincadeiras, folguedos e danças populares com as discussões e práticas das danças, bem como de suas pluralidades de movimentos na contemporaneidade.

Toda a programação do evento é gratuita e para assistir aos espetáculos, o público poderá fazer a retirada dos ingressos na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo duas horas antes do início das apresentações. A Semana Maranhense de Dança seguirá com atividades durante toda a semana até o dia 30 de novembro. Para conferir a programação completa acesse o perfil do Instagram do evento @smd16_2022.

Sobre a Semana Maranhense de Dança

A “Semana Maranhense de Dança” surgiu em 2005 como parte da programação de reinauguração do Teatro Arthur Azevedo, em comemoração ao Dia Internacional da Dança, 29 de abril. A SMD faz parte do calendário oficial de atividades culturais do nosso estado, mobilizando centenas de artistas, companhias, escolas e a comunidade, difundindo a produção cultural local, através das práticas artísticas por meio da dança em suas mais diferentes modalidades, singularidades e subjetividades.

O evento compõe as políticas de incentivo aos segmentos artísticos com prioridade para a cultura popular e os movimentos sociais, assim como às artes cênicas, propiciando a criação, a produção, a circulação, a fruição, o intercâmbio, a formação e a difusão do teatro, do circo e da dança maranhense, com especial incentivo à participação de grupos em festivais regionais, nacionais e internacionais.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Josimar do Maranhãozinho faz investida ao casal Assis e Janaína Ramos

A conversa proveitosa entre os três beneficia o suplente de deputado Henrique Junior em seu projeto de ser o próximo prefeito de Timon Um encontro...

Governo do Maranhão disponibiliza testagem da Covid-19 para moradores da Capital

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), disponibilizou o serviço de testagem para diagnóstico da Covid-19 à população...

Bronquite, laringite, sinusite? Pode ser adenovírus

Família de mais de 60 tipos de vírus costuma afetar crianças no final do ano; saiba como prevenir e tratar Por Elainy Castro Com a temporada...

Com o patrocínio da Equatorial Maranhão, a SMD acontece de 21 a 30/11 A Semana Maranhense de Dança (SMD) traz uma série de oficinas que contemplam as diversas linguagens da dança, com o objetivo de aprimorar a formação de dançarinos profissionais e aprendizes, contribuindo para o fortalecimento dos fazeres artísticos e da cadeia produtiva da cultura maranhense. O evento conta com o patrocínio da Equatorial Maranhão, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e é uma realização da Gestus Produções Culturais e da Secretaria de Estado da Cultura e Teatro Arthur Azevedo.

A analista de Comunicação da Equatorial Maranhão, Jeane Pires, destaca a importância de valorizar a dança em um evento como esse no Estado. “Para nós da Equatorial Maranhão é muito importante incentivar e patrocinar a Semana de Dança para enriquecer cada vez mais a cultura do nosso Estado. O evento é um momento para destacar e valorizar os participantes que se dedicam no mundo da dança. Além de proporcionar esse momento de visibilidade, o evento também leva o acesso para que as pessoas possam acompanhar os espetáculos e fomentar as companhias locais. Trazer o acesso à arte e cultura para toda a comunidade é um grande compromisso da Equatorial”, enfatizou Jeane. A SMD, que acontece no Teatro Arthur Azevedo e em espaços públicos, conta com mostras competitivas e coreográficas, oficinas, residências, entre outras atividades que ajudem no desenvolvimento profissional e artístico dos participantes. O evento busca viabilizar o acesso à comunidade, oferecendo ingressos 100% gratuitos para a totalidade da programação, além de também incentivar o intercâmbio entre artistas maranhenses e de outros estados, por meio da residência artística. A 16ª edição traz para o centro da cena as discussões que formam o conceito cultural, os "outros brasis" que saltam em nossa contemporaneidade, nos quais o Maranhão está inserido, e que vão de encontro às ideias e conceitos hegemônicos presentes em nossa sociedade. O tema ‘Brasilidades Maranhenses’ foi escolhido para abrilhantar esta Semana, propiciando um espaço onde pretende-se ressaltar as intersecções presentes nas nossas brincadeiras, folguedos e danças populares com as discussões e práticas das danças, bem como de suas pluralidades de movimentos na contemporaneidade. Toda a programação do evento é gratuita e para assistir aos espetáculos, o público poderá fazer a retirada dos ingressos na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo duas horas antes do início das apresentações. A Semana Maranhense de Dança seguirá com atividades durante toda a semana até o dia 30 de novembro. Para conferir a programação completa acesse o perfil do Instagram do evento @smd16_2022. Sobre a Semana Maranhense de Dança A “Semana Maranhense de Dança” surgiu em 2005 como parte da programação de reinauguração do Teatro Arthur Azevedo, em comemoração ao Dia Internacional da Dança, 29 de abril. A SMD faz parte do calendário oficial de atividades culturais do nosso estado, mobilizando centenas de artistas, companhias, escolas e a comunidade, difundindo a produção cultural local, através das práticas artísticas por meio da dança em suas mais diferentes modalidades, singularidades e subjetividades. O evento compõe as políticas de incentivo aos segmentos artísticos com prioridade para a cultura popular e os movimentos sociais, assim como às artes cênicas, propiciando a criação, a produção, a circulação, a fruição, o intercâmbio, a formação e a difusão do teatro, do circo e da dança maranhense, com especial incentivo à participação de grupos em festivais regionais, nacionais e internacionais. Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão