Acordo politico prevê cargo de secretária para vereadora e rodízio de quatro suplentes

spot_img
Compartilhe:

Um acordo político fechado nos bastidores entre a ala governista do PT em Timon e o pré-candidato a deputado estadual Chico Leitoa vai beneficiar a atual vereadora do partido Da Luz do 7 Estrelas, os quatro primeiros suplentes do partido e, óbvio, o pré-candidato nas eleições de 2022.

De acordo com fonte do blog, o acordo prevê para 2022 um rodízio na cadeira do partido beneficiando os suplentes, com exercício do cargo de vereador por três meses cada um. Para ser efetivado, a vereadora Da Luz do 7 Estrelas deixaria a Câmara de Timon para assumir cargo de secretária municipal.

Se for efetivado da forma que foi fechado nos bastidores, conforme a fonte do blogdoribinha afirma, é mais um acordo onde o ator principal é o cofre público, que mais  uma vez é utilizado na troca de votos e apoio politico.

Isso é ou não crime eleitoral?

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...

Aeroporto de Teresina completa 55 anos

O Aeroporto de Teresina (THE) completa 55 anos nesta sexta-feira, dia 30 de setembro. Localizado na capital do Piauí, ele é a principal porta...

Três dicas para evitar o estresse na hora de encarar o trânsito

Por Elainy Castro Buzinas, xingamentos, motoristas imprudentes, muita gente nos horários de pico, pedestres que atravessam fora da faixa, acidentes… isso e muito mais você...
Um acordo político fechado nos bastidores entre a ala governista do PT em Timon e o pré-candidato a deputado estadual Chico Leitoa vai beneficiar a atual vereadora do partido Da Luz do 7 Estrelas, os quatro primeiros suplentes do partido e, óbvio, o pré-candidato nas eleições de 2022. De acordo com fonte do blog, o acordo prevê para 2022 um rodízio na cadeira do partido beneficiando os suplentes, com exercício do cargo de vereador por três meses cada um. Para ser efetivado, a vereadora Da Luz do 7 Estrelas deixaria a Câmara de Timon para assumir cargo de secretária municipal. Se for efetivado da forma que foi fechado nos bastidores, conforme a fonte do blogdoribinha afirma, é mais um acordo onde o ator principal é o cofre público, que mais  uma vez é utilizado na troca de votos e apoio politico. Isso é ou não crime eleitoral?