Apoio de Bruno Silva a Brandão pode desencadear “onda” de adesões

spot_img
Compartilhe:

O prefeito Bruno Silva é de uma cidade e região estratégicas para Carlos Brandão na disputa deste ano.

 

Bruno Silva e todo seu grupo político reforçam eleição do vice-governador Carlos Brandão

A decisão do prefeito de Coelho Neto Bruno Silva em anunciar apoio ao vice-governador Carlos Brandão, – deixando na poeira -, como se diz no termo político, o senador Weverton Rocha, de quem era entusiasta da sua pré-candidatura a governador, pode desencadear uma “onda” de adesões de prefeitos maranhenses.

Bruno levou consigo um leque de apoios entre vereadores, ex-vereadores, ex-prefeitos e lideranças políticas que tem reflexo dentro da cidade e com o apoio do ex-prefeito Américo ao vice-governador já declarado, Carlos Brandão fecha quase que em 100 por cento o apoio político na cidade restando para Weverton Rocha somente um vereador. O ex-prefeito Soliney Silva continua indefinido politicamente.

O apoio de Bruno Silva cai como uma bomba na coordenação de campanha do senador Weverton Rocha e o perigo da estratégia devastadora do governo de surtir o efeito na região é iminente, pois alguns prefeitos estão sendo cooptados politicamente dentro dessa estratégia. E se não aderirem agora ficarão como ilhas isolados da futura gestão estadual.

Basta observar o discurso do governador Flávio Dino, em Timon, no último dia 25, quando ele inaugurou obras importantes na área da saúde, da educação, promoveu ações de segurança e anunciou construção de obras na área de infraestrutura e segurança alimentar para a população de Timon. Com a prefeita Dinair Veloso ausente no seu palanque oficial, Dino disse que aquela não seria a última vez que estaria em Timon, que gostaria de voltar à cidade. Quem sabe!
Se da próxima vez, com a prefeita em cima de seu palaque político!

Em política nada é impossível. Se não se declara por amor, vai pelo beiço…
É isso!

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

De olho na interatividade com ouvinte, Rádio de Timon lança aplicativo, site e perfis em redes sociais

A Rádio Livre Fm 106.1 lança hoje, dia (28) uma série de novas plataformas para ampliar a interatividade com o público e disponibilizar a...

Estudante de jornalismo é encontrada desmaiada na UFPI e morre em hospital de Teresina

Uma estudante de jornalismo, de nome não revelado, morreu em um hospital de Teresina após ter sido encontrada desacordada nas dependências da Universidade Federal do...

Em café da manhã de trabalho, Timon e Caxias discutem duplicação da BR 316

Uilma Resende reuniu vereadores e representantes das duas cidades para discutir esse projeto, tendo em vista a nomeação de Cleiton Noleto para o DNIT-MA. Se...

O prefeito Bruno Silva é de uma cidade e região estratégicas para Carlos Brandão na disputa deste ano.

 
Bruno Silva e todo seu grupo político reforçam eleição do vice-governador Carlos Brandão
A decisão do prefeito de Coelho Neto Bruno Silva em anunciar apoio ao vice-governador Carlos Brandão, - deixando na poeira -, como se diz no termo político, o senador Weverton Rocha, de quem era entusiasta da sua pré-candidatura a governador, pode desencadear uma "onda" de adesões de prefeitos maranhenses. Bruno levou consigo um leque de apoios entre vereadores, ex-vereadores, ex-prefeitos e lideranças políticas que tem reflexo dentro da cidade e com o apoio do ex-prefeito Américo ao vice-governador já declarado, Carlos Brandão fecha quase que em 100 por cento o apoio político na cidade restando para Weverton Rocha somente um vereador. O ex-prefeito Soliney Silva continua indefinido politicamente. O apoio de Bruno Silva cai como uma bomba na coordenação de campanha do senador Weverton Rocha e o perigo da estratégia devastadora do governo de surtir o efeito na região é iminente, pois alguns prefeitos estão sendo cooptados politicamente dentro dessa estratégia. E se não aderirem agora ficarão como ilhas isolados da futura gestão estadual. Basta observar o discurso do governador Flávio Dino, em Timon, no último dia 25, quando ele inaugurou obras importantes na área da saúde, da educação, promoveu ações de segurança e anunciou construção de obras na área de infraestrutura e segurança alimentar para a população de Timon. Com a prefeita Dinair Veloso ausente no seu palanque oficial, Dino disse que aquela não seria a última vez que estaria em Timon, que gostaria de voltar à cidade. Quem sabe! Se da próxima vez, com a prefeita em cima de seu palaque político! Em política nada é impossível. Se não se declara por amor, vai pelo beiço... É isso!