Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

spot_img
Compartilhe:

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até o fechamento por volta de meia noite e meia com a totalização dos votos que lhe garantiram a reeleição em primeiro turno por 51,29 por cento do votos. Lhaesio Bonfim ficou segundo com 24,87; e Weverton Rocha 20,71. O senador Flávio Dino foi eleito com 62,41 por cento dos votos com 2 milhões 125 mil e 811 votos.

Na disputa pela vaga na Assembleia Legislativa, a cidade de Timon manterá suas duas vagas com a reeleição de Rafael Leitoa pelo PSB com 49 mil 798 votos; Leandro Bello foi eleito pelo Podemos com 25 mil 64 votos, Socorro Waquim ficou na quarta suplência pelo partido PP como 24 mil 580 votos e Luciano Leitoa está  na terceira suplência do PDT com 25 mil 680 votos.

Entre a disputa para deputado federal a melhor performance de votos confirmou Henrique Junior como o candidato mais bem votado em Timon com 17 mil 107 votos na cidade e ficando na quarta suplência do PL com 19 mil 450 votos.

Cada vez mais frágil

O grupo Leitoa está cada vez mais frágil, eleição após eleição. Em 2020, o grupo obteve somente um diferença de 375 votos na disputa pela prefeitura de Timon elegendo Dinair Veloso prefeita da cidade. Este ano, a não eleição do ex-prefeito de Timon Luciano Leitoa, seguida pela derrota de Weverton Rocha e uma série de fatores que se sucedem com consequência ruim do processo eleitoral no cenário estadual, deixa o grupo  em polvorosa política, pois todos os passos dados até aqui  mostram uma total fragilidade do grupo, que perde apoio na Assembleia Legislativa, um dos principais focos políticos no Estado.

Imagem de Luciano Leitoa
Luciano Leitoa

A vitória de Carlos Brandão, talvez seja a consequência mais devastadora do Grupo Leitoa, comandado por Pai e filho, ex-prefeitos de Timon, da situação política atual, pois além da ruptura sobraram agressões verbais para todos os lados desferidas pelo candidato a deputado derrotado pelas urnas Luciano Leitoa.

Agora é aguardar, e certamente todos já imaginam que direção  o governo estadual deverá tomar para garantir o peso politico na cidade de Timon, onde Brandão também vencem a eleição com facilidade.

Deputado federais eleitos:
Detinha  PL, Pedro Lucas Fernandes, UNIÃO, Josimar Maranhãozinho, PL, Juscelino Filho
UNIÃO, André Fufuca PP, Aluisio Mendes PSC, Marreca Filho PATRIOTAS, Duarte Jr PSB, Amanda Gentil PP,  Marcio Jerry PC DO B, Roseana Sarney MDB, Fábio Macedo PODEMOS, Júnior Lourenço PL, Rubens Pereira Jr PT, Josivaldo JP PSD, Cleber Verde, REPUBLICANOS,
Pastor Gil PL, Márcio Honaiser PDT.
Deputado estaduais eleitos:
Iracema Vale PSB, Othelino Neto PC DO B, Carlos Lula PSB, Davi Brandão PSB, Florêncio Neto PSB, Fabiana Vilar PL, Solange Almeida PL, Francisco Nagib PSB, Mical Damasceno PSD. Neto Evangelista UNIÃO. Aluizio Santos PL, Osmar Filho PDT, Rafael Leitoa PSB, Dra Vivianne PDT, Andreia Martins Rezende PSB, Rildo Amaral PP, Abigail PL, Daniella PSB, Edna Silva PATRIOTAS, Glalbert Cutrim PDT, Guilherme Paz PATRIOTAS, Rodrigo Lago PC DO B, Fernando Braide PSC, Ricardo Arruda MDB, Dr. Yglésio PSB, Eric Costa PSD, Ariston Gonçalo PSB, Arnaldo Melo PP, Claudio Cunha PL, Janaina Ramos REPUBLICANOS, Antônio Pereira PSB, Hemeterio Weba PP, Claudia Coutinho PDT, Juscelino Marreca PATRIOTAS, Roberto Costa MDB, Ricardo Rios PC DO B, Júlio Mendonça PC DO B, Ana do Gás PC DO B, Leandro Bello PODEMOS, Júnior Cascaria PODEMOS, e Wellington do Curso PSC.
Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Josimar do Maranhãozinho faz investida ao casal Assis e Janaína Ramos

A conversa proveitosa entre os três beneficia o suplente de deputado Henrique Junior em seu projeto de ser o próximo prefeito de Timon Um encontro...

Governo do Maranhão disponibiliza testagem da Covid-19 para moradores da Capital

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), disponibilizou o serviço de testagem para diagnóstico da Covid-19 à população...

Bronquite, laringite, sinusite? Pode ser adenovírus

Família de mais de 60 tipos de vírus costuma afetar crianças no final do ano; saiba como prevenir e tratar Por Elainy Castro Com a temporada...
O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até o fechamento por volta de meia noite e meia com a totalização dos votos que lhe garantiram a reeleição em primeiro turno por 51,29 por cento do votos. Lhaesio Bonfim ficou segundo com 24,87; e Weverton Rocha 20,71. O senador Flávio Dino foi eleito com 62,41 por cento dos votos com 2 milhões 125 mil e 811 votos. Na disputa pela vaga na Assembleia Legislativa, a cidade de Timon manterá suas duas vagas com a reeleição de Rafael Leitoa pelo PSB com 49 mil 798 votos; Leandro Bello foi eleito pelo Podemos com 25 mil 64 votos, Socorro Waquim ficou na quarta suplência pelo partido PP como 24 mil 580 votos e Luciano Leitoa está  na terceira suplência do PDT com 25 mil 680 votos. Entre a disputa para deputado federal a melhor performance de votos confirmou Henrique Junior como o candidato mais bem votado em Timon com 17 mil 107 votos na cidade e ficando na quarta suplência do PL com 19 mil 450 votos. Cada vez mais frágil O grupo Leitoa está cada vez mais frágil, eleição após eleição. Em 2020, o grupo obteve somente um diferença de 375 votos na disputa pela prefeitura de Timon elegendo Dinair Veloso prefeita da cidade. Este ano, a não eleição do ex-prefeito de Timon Luciano Leitoa, seguida pela derrota de Weverton Rocha e uma série de fatores que se sucedem com consequência ruim do processo eleitoral no cenário estadual, deixa o grupo  em polvorosa política, pois todos os passos dados até aqui  mostram uma total fragilidade do grupo, que perde apoio na Assembleia Legislativa, um dos principais focos políticos no Estado.
Imagem de Luciano Leitoa
Luciano Leitoa
A vitória de Carlos Brandão, talvez seja a consequência mais devastadora do Grupo Leitoa, comandado por Pai e filho, ex-prefeitos de Timon, da situação política atual, pois além da ruptura sobraram agressões verbais para todos os lados desferidas pelo candidato a deputado derrotado pelas urnas Luciano Leitoa. Agora é aguardar, e certamente todos já imaginam que direção  o governo estadual deverá tomar para garantir o peso politico na cidade de Timon, onde Brandão também vencem a eleição com facilidade.
Deputado federais eleitos:
Detinha  PL, Pedro Lucas Fernandes, UNIÃO, Josimar Maranhãozinho, PL, Juscelino Filho
UNIÃO, André Fufuca PP, Aluisio Mendes PSC, Marreca Filho PATRIOTAS, Duarte Jr PSB, Amanda Gentil PP,  Marcio Jerry PC DO B, Roseana Sarney MDB, Fábio Macedo PODEMOS, Júnior Lourenço PL, Rubens Pereira Jr PT, Josivaldo JP PSD, Cleber Verde, REPUBLICANOS,
Pastor Gil PL, Márcio Honaiser PDT.
Deputado estaduais eleitos:
Iracema Vale PSB, Othelino Neto PC DO B, Carlos Lula PSB, Davi Brandão PSB, Florêncio Neto PSB, Fabiana Vilar PL, Solange Almeida PL, Francisco Nagib PSB, Mical Damasceno PSD. Neto Evangelista UNIÃO. Aluizio Santos PL, Osmar Filho PDT, Rafael Leitoa PSB, Dra Vivianne PDT, Andreia Martins Rezende PSB, Rildo Amaral PP, Abigail PL, Daniella PSB, Edna Silva PATRIOTAS, Glalbert Cutrim PDT, Guilherme Paz PATRIOTAS, Rodrigo Lago PC DO B, Fernando Braide PSC, Ricardo Arruda MDB, Dr. Yglésio PSB, Eric Costa PSD, Ariston Gonçalo PSB, Arnaldo Melo PP, Claudio Cunha PL, Janaina Ramos REPUBLICANOS, Antônio Pereira PSB, Hemeterio Weba PP, Claudia Coutinho PDT, Juscelino Marreca PATRIOTAS, Roberto Costa MDB, Ricardo Rios PC DO B, Júlio Mendonça PC DO B, Ana do Gás PC DO B, Leandro Bello PODEMOS, Júnior Cascaria PODEMOS, e Wellington do Curso PSC.