Denúncias de abuso de poder do comando da Guarda Municipal de Timon

spot_img
Compartilhe:

Denúncias de abuso de poder por parte do comando da Guarda Municipal de Timon perpassam os muros do órgão e do controle e chegam à imprensa.

De acordo com uma fonte segura do blog, o atual Comando da Guarda Municipal deverá sofrer ações de seus comandados por abuso de poder por conta de suas atitudes relatadas ao blog.

Segundo essa fonte, o Comando tem tomado algumas atitudes sem qualquer embasamento legal e isso tem aumentado a rejeição do atual Comando, que já não conta com apoio de seus comandados.

Assegura a fonte ainda que, o Sindicato tem se mantido em silêncio o que tem gerado uma revolta também contra a atual presidência do Sindicato, que segundo a fonte não tem atuado frente à todas as irregularidades que toma conhecimento. Ontem, ainda, o blog tentou contato com a presidente do Sindicato.

Ainda segundo a fonte, essas denúncias de abuso de poder não são de agora recente, que inclusive consta um abaixo assinado, idealizado pelo diretoria do sindicato anterior a atual instigando o abuso de poder do Comando da GCM. Após esse documento, a rejeição ao atual Comando tem aumentado ao ponto de não poder contar com o apoio da tropa.

Os relatos segundo a fonte, é de que coisa está feia na Guarda e insustentável, e talvez a cúpula da atual gestão municipal imagine que na GCM está tudo às mil maravilhas.

Ledo engano!

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

2 COMENTÁRIOS

  1. É notório que os Estados fracassaram no tocante a segurança pública da população e os municípios tbm.

  2. E o pior q a comadante KELLE VERAS é carrasca ela fica colocando os guardas contra o sindicato e acusando de coisas q não fizeram. E comp punição ela muda de escala prejudicando os guardas q ñ pode nem marcar consultas medicas pq nunca vão saber o dia das duas ecalas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Equatorial Maranhão informa sobre funcionamento durante feriado do Dia do Evangélico em Timon

Por conta do feriado do Dia do Evangélico, em Timon, comemorado nessa terça-feira, 16 de agosto, a Agência presencial de Atendimento e o Posto...

Lucas da Farmácia mostra força politica e lota espaço de eventos em Timon

Ao lado de Henrique Junior, candidato a deputado federal e Vinicius Louro, candidato a deputado  estadual, Lucas da Farmácia mostrou força politica em evento. Não...

Paulo Marinho Jr visita projeto social em Buriti Bravo

Na tarde deste último sábado (13), o Deputado Federal Paulo Marinho Jr (PL), realizou visita aos municípios de Buriti Bravo e Colinas (MA), onde...
Denúncias de abuso de poder por parte do comando da Guarda Municipal de Timon perpassam os muros do órgão e do controle e chegam à imprensa. De acordo com uma fonte segura do blog, o atual Comando da Guarda Municipal deverá sofrer ações de seus comandados por abuso de poder por conta de suas atitudes relatadas ao blog. Segundo essa fonte, o Comando tem tomado algumas atitudes sem qualquer embasamento legal e isso tem aumentado a rejeição do atual Comando, que já não conta com apoio de seus comandados. Assegura a fonte ainda que, o Sindicato tem se mantido em silêncio o que tem gerado uma revolta também contra a atual presidência do Sindicato, que segundo a fonte não tem atuado frente à todas as irregularidades que toma conhecimento. Ontem, ainda, o blog tentou contato com a presidente do Sindicato. Ainda segundo a fonte, essas denúncias de abuso de poder não são de agora recente, que inclusive consta um abaixo assinado, idealizado pelo diretoria do sindicato anterior a atual instigando o abuso de poder do Comando da GCM. Após esse documento, a rejeição ao atual Comando tem aumentado ao ponto de não poder contar com o apoio da tropa. Os relatos segundo a fonte, é de que coisa está feia na Guarda e insustentável, e talvez a cúpula da atual gestão municipal imagine que na GCM está tudo às mil maravilhas. Ledo engano!