Em Timon, petistas que não votarem em Weverton: “a porta da rua é a serventia da casa”

spot_img
Compartilhe:

Ao passar um recado duro aos detentores de cargos no governo Flávio Dino, que querem permanecer e votar em outro candidato que não seja o vice Carlos Brandão, o Deputado federal Rubens Junior,  em Tuite, teve que ser lembrado da situação de seu pai Rubens Pereira, que ocupa cargo de direção na Assembleia do Maranhão, um dos feudos políticos do senador Weverton Rocha, comandado pelo deputado Othelino Neto.

Veja as postagens:

Em situação complicada

Definido e anunciado como aliado do vice Carlos Brandão, o PT vai enfrentar problemas nas esferas municipais.

Em Timon disse um governista de alto coturno ao blog, que conhece o tutor político do governo e sabe que ele não vai aceitar que o PT de Timon, que tem uma secretaria e está pulverizado no governo de Timon com cargos comissionados, votem em Carlos Brandão, pois seria uma traição ao senador Weverton Rocha, já que o próprio governo de Flávio Dino está exigindo fidelidade ao seu candidato, inclusive, com entrega dos cargos.

“A porta da rua é a serventia da casa”, disse.

Esses são somente alguns dos desdobramentos políticos que passar viger a partir da decisão de ontem, em que Flávio Dino confirmou Brandão como o candidato do governo à sua sucessão.

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Confusão generalizada em caminhada é um desrespeito aos princípios da democracia

A nenhum dos candidatos a deputado estadual em Timon - Coronel Schnneyder e Socorro Waquim - devem ser atribuídas as confusões geradas em um...

Não esqueça o Zé Gotinha!

Saiba quais os riscos de não vacinar seu filho contra a poliomielite. Por Elainy Castro. Com certeza você lembra dele: Zé Gotinha é um personagem que...

Calor: Cuidados com a pele durante o B-R-O-Bró  

 Esteticista dá dicas sobre hábitos a serem adotados para evitar danos causados pelo sol   Com temperaturas ultrapassando os 40 graus na Capital Piauiense, a atenção...
Ao passar um recado duro aos detentores de cargos no governo Flávio Dino, que querem permanecer e votar em outro candidato que não seja o vice Carlos Brandão, o Deputado federal Rubens Junior,  em Tuite, teve que ser lembrado da situação de seu pai Rubens Pereira, que ocupa cargo de direção na Assembleia do Maranhão, um dos feudos políticos do senador Weverton Rocha, comandado pelo deputado Othelino Neto. Veja as postagens:
Em situação complicada
Definido e anunciado como aliado do vice Carlos Brandão, o PT vai enfrentar problemas nas esferas municipais. Em Timon disse um governista de alto coturno ao blog, que conhece o tutor político do governo e sabe que ele não vai aceitar que o PT de Timon, que tem uma secretaria e está pulverizado no governo de Timon com cargos comissionados, votem em Carlos Brandão, pois seria uma traição ao senador Weverton Rocha, já que o próprio governo de Flávio Dino está exigindo fidelidade ao seu candidato, inclusive, com entrega dos cargos. "A porta da rua é a serventia da casa", disse. Esses são somente alguns dos desdobramentos políticos que passar viger a partir da decisão de ontem, em que Flávio Dino confirmou Brandão como o candidato do governo à sua sucessão.