Investimentos em saneamento trazem novas perspectivas para o turismo em Timon

spot_img
Compartilhe:

Até 2026, Timon terá universalizado o acesso ao esgoto.

Para além da saúde e qualidade de vida da população, os investimentos em saneamento básico influenciam diversos aspectos da sociedade, impulsionando inclusive o turismo de uma determinada região, pois o saneamento é um dos pilares que sustenta o setor e um diferencial para muitos municípios. Afinal, fazer turismo de lazer em um ambiente despoluído, sem riscos à saúde, é uma garantia de um passeio tranquilo.

Timon é uma cidade bastante conhecida por seus balneários, oferecendo aos visitantes lazer e integração com a natureza nos banhos de cachoeira e parques. Dentro desse contexto, os investimentos realizados pela Águas de Timon no esgotamento sanitário do município trarão perspectivas positivas para o turismo da cidade maranhense, que deverá crescer ainda mais. Até 2026, Timon terá universalizado o acesso ao esgoto.

Com o programa Timon Saneada 2, o município está construindo a sua terceira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), localizada no povoado Piranhas, na zona rural. Prevista para ser inaugurada este ano, a unidade irá receber todo o esgoto produzido na zona urbana e terá capacidade para tratar 360 litros/segundo de vazão média de esgoto, devolvendo os efluentes de forma correta ao rio, obedecendo ao que determina a legislação ambiental.

A construção da ETE coincide com a inserção de Timon no Mapa do Turismo do Brasil, elaborado pelo Ministério do Turismo. O documento ajuda a identificar o desempenho da economia do turismo e serve como instrumento de orientação geral para que o Ministério atue buscando o desenvolvimento de políticas públicas, focando na gestão e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada.

“A ETE será um marco no avanço do saneamento básico de Timon, que vai aprimorar o avanço da cidade. Importante destacar que quando o esgoto não é coletado, ele é destinado a fossas rudimentares, a redes de águas pluviais, sarjetas, diretamente no solo, podendo contaminar diretamente rios, lagos e até reservas de águas subterrâneas. Daí a importância de obras como a da ETE, que potencializa a preservação ambiental”, destaca Guilherme Coeli, gerente de operações da Águas de Timon.

O saneamento e o potencial turístico

O Instituto Trata Brasil, em 2021, lançou o estudo “Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Maranhão” com o objetivo de mostrar os ganhos ambientais, sociais e econômicos que a universalização do saneamento básico (acesso à água e ampliação do esgotamento sanitário) traria ao estado, que é hoje um dos que possuem os maiores desafios em relação a levar água tratada, coleta e tratamento de esgotos a todos os maranhenses. O estudo revelou que a renda do Maranhão com o turismo, entre 2021 e 2055, deverá alcançar R$ 63,7 milhões ao ano ou de R$ 2,2 bilhões no período de 34 anos no setor de turismo, o que revela um cenário positivo para o estado.

“Existe toda uma rede envolvida com o turismo formada por trabalhadores, empreendimentos e atividades indiretas que são potencializadas com as melhorias do saneamento. Em Timon, não é diferente. Os investimentos que estamos realizando para ampliar a cobertura de esgoto farão Timon se desenvolver ainda mais como destino turístico, principalmente quando tiver 100% de esgoto tratado, perspectiva que alcançaremos em 2026’’, reforça o presidente da Águas de Timon, Jacy Prado.

Da assessoria.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Mercado de trabalho: Programa de Trainee Aegea está com inscrições abertas para Timon

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de outubro, de forma on-line A Aegea, empresa líder no setor de saneamento privado no Brasil,...

Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até...

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...

Até 2026, Timon terá universalizado o acesso ao esgoto.

Para além da saúde e qualidade de vida da população, os investimentos em saneamento básico influenciam diversos aspectos da sociedade, impulsionando inclusive o turismo de uma determinada região, pois o saneamento é um dos pilares que sustenta o setor e um diferencial para muitos municípios. Afinal, fazer turismo de lazer em um ambiente despoluído, sem riscos à saúde, é uma garantia de um passeio tranquilo. Timon é uma cidade bastante conhecida por seus balneários, oferecendo aos visitantes lazer e integração com a natureza nos banhos de cachoeira e parques. Dentro desse contexto, os investimentos realizados pela Águas de Timon no esgotamento sanitário do município trarão perspectivas positivas para o turismo da cidade maranhense, que deverá crescer ainda mais. Até 2026, Timon terá universalizado o acesso ao esgoto. Com o programa Timon Saneada 2, o município está construindo a sua terceira Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), localizada no povoado Piranhas, na zona rural. Prevista para ser inaugurada este ano, a unidade irá receber todo o esgoto produzido na zona urbana e terá capacidade para tratar 360 litros/segundo de vazão média de esgoto, devolvendo os efluentes de forma correta ao rio, obedecendo ao que determina a legislação ambiental. A construção da ETE coincide com a inserção de Timon no Mapa do Turismo do Brasil, elaborado pelo Ministério do Turismo. O documento ajuda a identificar o desempenho da economia do turismo e serve como instrumento de orientação geral para que o Ministério atue buscando o desenvolvimento de políticas públicas, focando na gestão e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. “A ETE será um marco no avanço do saneamento básico de Timon, que vai aprimorar o avanço da cidade. Importante destacar que quando o esgoto não é coletado, ele é destinado a fossas rudimentares, a redes de águas pluviais, sarjetas, diretamente no solo, podendo contaminar diretamente rios, lagos e até reservas de águas subterrâneas. Daí a importância de obras como a da ETE, que potencializa a preservação ambiental”, destaca Guilherme Coeli, gerente de operações da Águas de Timon.

O saneamento e o potencial turístico

O Instituto Trata Brasil, em 2021, lançou o estudo “Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Maranhão” com o objetivo de mostrar os ganhos ambientais, sociais e econômicos que a universalização do saneamento básico (acesso à água e ampliação do esgotamento sanitário) traria ao estado, que é hoje um dos que possuem os maiores desafios em relação a levar água tratada, coleta e tratamento de esgotos a todos os maranhenses. O estudo revelou que a renda do Maranhão com o turismo, entre 2021 e 2055, deverá alcançar R$ 63,7 milhões ao ano ou de R$ 2,2 bilhões no período de 34 anos no setor de turismo, o que revela um cenário positivo para o estado. “Existe toda uma rede envolvida com o turismo formada por trabalhadores, empreendimentos e atividades indiretas que são potencializadas com as melhorias do saneamento. Em Timon, não é diferente. Os investimentos que estamos realizando para ampliar a cobertura de esgoto farão Timon se desenvolver ainda mais como destino turístico, principalmente quando tiver 100% de esgoto tratado, perspectiva que alcançaremos em 2026’’, reforça o presidente da Águas de Timon, Jacy Prado. Da assessoria.