Irmão de ex-vereador de Timon requer vaga de vereador de Teresina no lugar de Antonio José Lira

spot_img
Compartilhe:

Alysson Pego diz ele é comprovadamente o legítimo suplente e deve assumir a vaga e não Antonio José Lira.

O suplente de vereador Alysson Silva Pego, irmão do ex-vereador de Timon Anderson Pego, ingressou com ação de infidelidade partidária junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí pedindo a concessão de tutela de urgência, sem ouvir o lado contrário, para que o vereador Antônio José Lira seja afastado do cargo e lhe dado posse em seu lugar, “pelo fato de comprovadamente ser o legítimo suplente vinculado ao PSD”. O partido elegeu dois vereadores na última eleição, Renato Berger e Ismael Silva.

De acordo com a ação, o vereador Renato Berger e o primeiro suplente Eduardo Draga Alana se licenciaram para assumir o cargo de secretario municipal e os suplentes Junior Macedo e Cida Santiago se desfilaram do PSD, ingressando, respectivamente, no Patriota desde abril de 2022 e no PT desde março de 2022. O quarto suplente, Antônio José Lira, se desfilou em março deste ano e se filiou ao partido Republicanos.

G1

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Senhor dos Anéis: Moraes manda “CNN”, “Veja” e “GNews” quebrarem sigilo da fonte jornalística

O ministro quer quer o conteúdo das entrevistas com Marcos do Val sejam comparados ao depoimento dele à PF Os três veículos de imprensa...

Proposta de “oposição unida” em Timon terá que enfrentar o primeiro obstáculo: cargos

Nomeações para cargos em Timon deverá ser o primeiro desafio da proposta de união da oposição a começar pelos aliados do governador. Muito embora tenham...

Tudo o que os governistas de Timon não queriam, poderá acontecer em 2024. Oposição trabalha pela união

Oposição de Timon, realizou em São Luiz, ontem, a primeira reunião para tratar da união do grupo e vencer as eleições em 2024. Em reunião,...

Alysson Pego diz ele é comprovadamente o legítimo suplente e deve assumir a vaga e não Antonio José Lira.

O suplente de vereador Alysson Silva Pego, irmão do ex-vereador de Timon Anderson Pego, ingressou com ação de infidelidade partidária junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí pedindo a concessão de tutela de urgência, sem ouvir o lado contrário, para que o vereador Antônio José Lira seja afastado do cargo e lhe dado posse em seu lugar, “pelo fato de comprovadamente ser o legítimo suplente vinculado ao PSD”. O partido elegeu dois vereadores na última eleição, Renato Berger e Ismael Silva. De acordo com a ação, o vereador Renato Berger e o primeiro suplente Eduardo Draga Alana se licenciaram para assumir o cargo de secretario municipal e os suplentes Junior Macedo e Cida Santiago se desfilaram do PSD, ingressando, respectivamente, no Patriota desde abril de 2022 e no PT desde março de 2022. O quarto suplente, Antônio José Lira, se desfilou em março deste ano e se filiou ao partido Republicanos. G1