Paulo Marinho Júnior assina requerimento que pede a abertura da CPI da Petrobras

spot_img
Compartilhe:

O Deputado Federal Paulo Marinho Júnior (PL-MA), assinou na manhã de quarta-feira (22), o requerimento que solicita abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), feito pelo líder do Partido Liberal (PL) na Câmara dos Deputados, Altineu Cortês, para investigar a Petrobras. “Estamos buscando clareza nos dados. Temos visto muitas situações obscuras, no site oficial da Petrobras quando você olha a composição do preço do combustível, 64% do preço atual, é margem da empresa. E buscando investigar uma empresa que tem como maior acionista a União, essa Casa Legislativa tem o dever de puxar para si essa responsabilidade.”

Na tribuna, o parlamentar destacou que nas últimas semanas, a Casa Legislativa tem buscado soluções para a população. “Sabemos da dificuldade, e estamos acompanhando como a população, principalmente, aqueles mais carentes tem sofrido com o aumento nos combustíveis. Atualmente, o preço da gasolina e do diesel é um desrespeito com a população brasileira, no país que tem uma empresa tão grande, tão forte como a Petrobras, causa estranheza a política de preços, e não somente a PPI (Preço de Paridade Internacional), é algo que precisa de clareza.”

Ainda na sua fala, o parlamentar reforça: “A Petrobras é o orgulho do Brasil, mas, atualmente, quando o brasileiro pensa nessa empresa, o sentimento é de desgosto. Essa busca pela verdade deve ser encampada por todos, principalmente pela oposição, afinal de contas o que se quer é transparência. Hoje o maior problema do país, é a política de preços da Petrobras, e os preços dos combustíveis que tem dificultado a vida da população brasileira.”

A finalidade da Comissão Parlamentar de Inquérito é investigar a política de preços da estatal, o chamado Preço de Paridade Internacional (PPI), e os lucros da empresa.

Por Juliana, da assessoria.

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Mercado de trabalho: Programa de Trainee Aegea está com inscrições abertas para Timon

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de outubro, de forma on-line A Aegea, empresa líder no setor de saneamento privado no Brasil,...

Carlos Brandão é reeleito governador, Timon terá dois deputados e Leitoas saem enfraquecidos do pleito

O governador Carlos Brandão liderou a disputa em primeiro turno pelo governo do Maranhão a partir das primeiras urnas abertas ontem, às 18h, até...

Águas de Timon celebra conclusão do projeto Desvendar Esporte

Nesta quinta-feira (29), a Águas de Timon celebrou a conclusão das atividades do projeto Desvendar Esporte, patrocinado pela Águas de Timon, durante ação no...
O Deputado Federal Paulo Marinho Júnior (PL-MA), assinou na manhã de quarta-feira (22), o requerimento que solicita abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), feito pelo líder do Partido Liberal (PL) na Câmara dos Deputados, Altineu Cortês, para investigar a Petrobras. “Estamos buscando clareza nos dados. Temos visto muitas situações obscuras, no site oficial da Petrobras quando você olha a composição do preço do combustível, 64% do preço atual, é margem da empresa. E buscando investigar uma empresa que tem como maior acionista a União, essa Casa Legislativa tem o dever de puxar para si essa responsabilidade.” Na tribuna, o parlamentar destacou que nas últimas semanas, a Casa Legislativa tem buscado soluções para a população. “Sabemos da dificuldade, e estamos acompanhando como a população, principalmente, aqueles mais carentes tem sofrido com o aumento nos combustíveis. Atualmente, o preço da gasolina e do diesel é um desrespeito com a população brasileira, no país que tem uma empresa tão grande, tão forte como a Petrobras, causa estranheza a política de preços, e não somente a PPI (Preço de Paridade Internacional), é algo que precisa de clareza.” Ainda na sua fala, o parlamentar reforça: “A Petrobras é o orgulho do Brasil, mas, atualmente, quando o brasileiro pensa nessa empresa, o sentimento é de desgosto. Essa busca pela verdade deve ser encampada por todos, principalmente pela oposição, afinal de contas o que se quer é transparência. Hoje o maior problema do país, é a política de preços da Petrobras, e os preços dos combustíveis que tem dificultado a vida da população brasileira.” A finalidade da Comissão Parlamentar de Inquérito é investigar a política de preços da estatal, o chamado Preço de Paridade Internacional (PPI), e os lucros da empresa. Por Juliana, da assessoria.