Secretário de segurança do Maranhão diz “que bandido tem que tombar”

spot_img
Compartilhe:

A declaração do secretário Jefferson Portela foi após a sequência de mortes de policiais militares no Estado.

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, falou nesta quinta-feira (21) que , em situação de confronto policiais, os bandidos ‘tem que tombar’. A fala acontece após a morte de três policiais militares no Maranhão, no intervalo de uma semana.

“Vou ao cemitério acompanhar o sepultamento de nosso companheiro, mas dizer sim à população: Quando eu estou dizendo pra cima, não é de agora não. Todo dia você quantas prisões nós fazemos? Muitas. (…) Estou dizendo agora para dar uma resposta dura e dizer à sociedade que é para a sociedade compreender e nos apoiar, porque alguns, quando tem um confronto, que morre um bandido ou dois, você vê quantos dias tem algumas figuras no jornal e no rádio dizendo que é ação policial, que é execução, que é antidemocrático. E não é. Quando se usa a força do estado para preservar a paz social, é um ato democrático. (…) Agora quando um bandido tomba em confronto com a polícia, o que se quer? Que morra o policial? Isso é um absurdo. (…) Estou dizendo em combate. Não sou a favor da execução de ninguém não. (…) Disse isso abertamente e digo de novo: Se houver confronto, o bandido do lado de lá tem que tombar”, afirmou o secretário durante entrevista à Rádio Mirante AM.

Leia mais clicando aqui.

 

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

No mesmo dia: Reeleitos, Lira e Pacheco rompem com Bolsonaro, mas deixam recado ao STF

Colunista do jornal "O Globo" avalia que o pior cenário para o Supremo seria a vitória de Rogério Marinho. Mas reeleição de Lira e...

Suspensa eficácia de norma que exigia quórum qualificado para aprovação de leis em Timon

Por unanimidade, o Órgão Especial do TJMA deferiu, em parte, medida cautelar em Adin, determinando quórum de maioria de votos para aprovação de matéria...

Deputados Estaduais tomam posse para 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão

Os deputados eleitos para a 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão foram empossados na manhã desta quarta-feira (1º), no Plenário Nagib Haickel. O...
A declaração do secretário Jefferson Portela foi após a sequência de mortes de policiais militares no Estado. O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, falou nesta quinta-feira (21) que , em situação de confronto policiais, os bandidos 'tem que tombar'. A fala acontece após a morte de três policiais militares no Maranhão, no intervalo de uma semana. "Vou ao cemitério acompanhar o sepultamento de nosso companheiro, mas dizer sim à população: Quando eu estou dizendo pra cima, não é de agora não. Todo dia você quantas prisões nós fazemos? Muitas. (...) Estou dizendo agora para dar uma resposta dura e dizer à sociedade que é para a sociedade compreender e nos apoiar, porque alguns, quando tem um confronto, que morre um bandido ou dois, você vê quantos dias tem algumas figuras no jornal e no rádio dizendo que é ação policial, que é execução, que é antidemocrático. E não é. Quando se usa a força do estado para preservar a paz social, é um ato democrático. (...) Agora quando um bandido tomba em confronto com a polícia, o que se quer? Que morra o policial? Isso é um absurdo. (...) Estou dizendo em combate. Não sou a favor da execução de ninguém não. (...) Disse isso abertamente e digo de novo: Se houver confronto, o bandido do lado de lá tem que tombar", afirmou o secretário durante entrevista à Rádio Mirante AM. Leia mais clicando aqui.