Tratamento contra ebola mostra resultados positivos

spot_img
Compartilhe:

ebola-morte  O comissário europeu para Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, foi informado hoje (24), nos Estados Unidos, sobre os primeiros resultados do tratamento contra o ebola com o medicamento favipiravir. O estudo é desenvolvido por um instituto francês e cofinanciado pela UE.

O tratamento com o favipiravir, um antiviral desenvolvido pelo Instituto Nacional de Saúde e Investigação Médica francês, teve resultados positivos no combate ao ebola, particularmente em casos de detecção precoce da doença. “Temos resultados preliminares de que o medicamento antiviral favipiravir pode ser eficaz no tratamento do ebola numa fase inicial”, disse Moedas.

Veja Também:

O comissário adiantou ainda que “se os resultados se confirmarem pelos ensaios clínicos em curso, este será o primeiro tratamento a ser desenvolvido contra esta doença mortal durante o surto em curso”.

O projeto de desenvolvimento deste medicamento é um dos quatro financiados pela União Europeia, com verba de 700 mil euros, no âmbito do programa Horizonte 2020, sob a tutela de moedas. Os primeiros resultados do ensaio clínico foram apresentados em uma conferência de investigadores em Seattle, nos Estados Unidos.

 

Edição: Veja Timon

Via: Agência Brasil

Compartilhe:
Veja Timon
Veja Timonhttps://vejatimon.com
O Veja Timon foi desenvolvido para suprir os timonenses com informações de um modo geral, onde a política não venha ser o foco central. Um site diversificado e imparcial, trabalhamos para levar um conteúdo de relevância para cidade. Veja Timon - Junto Com o Povo

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

Vagas temporárias: especialista dá dicas para se destacar nas seleções

Varejo e serviços devem abrir 95 mil vagas temporárias para o fim de ano Por Elainy Castro Segundo levantamento realizado em todas as regiões do Brasil...

São Luís está entre os 20 destinos nacionais mais procurados na Black Friday, segundo a Decolar

São Luís foi apontada como um dos 20 destinos mais procurados durante a campanha de Black Friday da companhia de viagens on-line Decolar. A...

TRF1 aceita denúncia do MPF contra prefeito de Pinheiro (MA) e mais seis pessoas por fraudes e desvio de recursos

Eles responderão por crimes de responsabilidade, lavagem de capitais e organização criminosa, na medida de suas participações Por unanimidade, o Tribunal Regional Federal da 1ª...
ebola-morte  O comissário europeu para Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, foi informado hoje (24), nos Estados Unidos, sobre os primeiros resultados do tratamento contra o ebola com o medicamento favipiravir. O estudo é desenvolvido por um instituto francês e cofinanciado pela UE. O tratamento com o favipiravir, um antiviral desenvolvido pelo Instituto Nacional de Saúde e Investigação Médica francês, teve resultados positivos no combate ao ebola, particularmente em casos de detecção precoce da doença. “Temos resultados preliminares de que o medicamento antiviral favipiravir pode ser eficaz no tratamento do ebola numa fase inicial”, disse Moedas.

Veja Também:

O comissário adiantou ainda que “se os resultados se confirmarem pelos ensaios clínicos em curso, este será o primeiro tratamento a ser desenvolvido contra esta doença mortal durante o surto em curso”. O projeto de desenvolvimento deste medicamento é um dos quatro financiados pela União Europeia, com verba de 700 mil euros, no âmbito do programa Horizonte 2020, sob a tutela de moedas. Os primeiros resultados do ensaio clínico foram apresentados em uma conferência de investigadores em Seattle, nos Estados Unidos.   Edição: Veja Timon Via: Agência Brasil