Secretário e presidenta da Comsaúde de Timon não atendem à convocação da Câmara

spot_img
Compartilhe:

O secretário de Saúde de Timon, Márcio Sá não compareceu hoje, 15, à convocação feita pela Comissão de Educação, Cultura, Saúde, Assistência Social e Trabalho (Cecsast), que tem na presidência o médico e vereador Doutor Torquato. Assim como o secretário, também não compareceu à comissão, a presidente da Comissão Municipal de Saúde, Maria José Assunção Oliveira da Luz.

De acordo com a convocação datada do dia 12 deste mês, os dois estavam sendo convocados para apresentar junto aos membros da comissão, informações à cerca de vários itens, entre eles: Apresentar notas fiscais documento de tombamento e termos de responsabilidade dos equipamentos de informática adquiridos com recursos federais para implantação do prontuário eletrônico nas Unidades de Saúde do município; Apresentação de notas fiscais de compras e controle de estoque de medicamentos; Levantamento do número de internações no Hospital do Parque Alvorada, quantidade de refeições servidas, com médias por dia e total mensais, alvo de apuração de denúncias por parte da comissão.

Segundo ofício, que o blogdoribinha teve acesso, o secretário Márcio Sá, apresentou em sua justificativa para o não comparecimento à convocação, compromissos administrativas assumidos por ele na data de hoje, (15), além de que, esclareceu o secretário, o tempo da convocação, entre os dia 12 a 15, ser exíguo para a coleta de dados das informações constantes e exigidas pela comissão e por conta disso, Marcio Sá solicitara um reagendamento.

Quanto à presidente da Comissão Municipal de Saúde, alegou que só foi comunicada da convocação ontem, (14), véspera da reunião, portanto impossibilitada do comparecimento, assim como também, não tem posse e guarda dos documentos solicitados para a apresentação à comissão, haja vista, que, necessitaria de tempo para requerer à secretaria de Saúde.

Ainda de acordo com a comissão, no ato da convocação, a presente tem data improrrogável e a falta do secretário será tratada sob as penas da lei.

Sobre o assunto: Atendimento de saúde de Timon será todo informatizado, garante secretário Marcus Vinicius

Compartilhe:

Talvez você queira ler também

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Propaganda

spot_img

Propaganda

Relacionados

- Propaganda -spot_img
- Propaganda -spot_img

Últimas

No mesmo dia: Reeleitos, Lira e Pacheco rompem com Bolsonaro, mas deixam recado ao STF

Colunista do jornal "O Globo" avalia que o pior cenário para o Supremo seria a vitória de Rogério Marinho. Mas reeleição de Lira e...

Suspensa eficácia de norma que exigia quórum qualificado para aprovação de leis em Timon

Por unanimidade, o Órgão Especial do TJMA deferiu, em parte, medida cautelar em Adin, determinando quórum de maioria de votos para aprovação de matéria...

Deputados Estaduais tomam posse para 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão

Os deputados eleitos para a 20ª legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão foram empossados na manhã desta quarta-feira (1º), no Plenário Nagib Haickel. O...
O secretário de Saúde de Timon, Márcio Sá não compareceu hoje, 15, à convocação feita pela Comissão de Educação, Cultura, Saúde, Assistência Social e Trabalho (Cecsast), que tem na presidência o médico e vereador Doutor Torquato. Assim como o secretário, também não compareceu à comissão, a presidente da Comissão Municipal de Saúde, Maria José Assunção Oliveira da Luz. De acordo com a convocação datada do dia 12 deste mês, os dois estavam sendo convocados para apresentar junto aos membros da comissão, informações à cerca de vários itens, entre eles: Apresentar notas fiscais documento de tombamento e termos de responsabilidade dos equipamentos de informática adquiridos com recursos federais para implantação do prontuário eletrônico nas Unidades de Saúde do município; Apresentação de notas fiscais de compras e controle de estoque de medicamentos; Levantamento do número de internações no Hospital do Parque Alvorada, quantidade de refeições servidas, com médias por dia e total mensais, alvo de apuração de denúncias por parte da comissão. Segundo ofício, que o blogdoribinha teve acesso, o secretário Márcio Sá, apresentou em sua justificativa para o não comparecimento à convocação, compromissos administrativas assumidos por ele na data de hoje, (15), além de que, esclareceu o secretário, o tempo da convocação, entre os dia 12 a 15, ser exíguo para a coleta de dados das informações constantes e exigidas pela comissão e por conta disso, Marcio Sá solicitara um reagendamento. Quanto à presidente da Comissão Municipal de Saúde, alegou que só foi comunicada da convocação ontem, (14), véspera da reunião, portanto impossibilitada do comparecimento, assim como também, não tem posse e guarda dos documentos solicitados para a apresentação à comissão, haja vista, que, necessitaria de tempo para requerer à secretaria de Saúde. Ainda de acordo com a comissão, no ato da convocação, a presente tem data improrrogável e a falta do secretário será tratada sob as penas da lei. Sobre o assunto: Atendimento de saúde de Timon será todo informatizado, garante secretário Marcus Vinicius